BLOG

CRIANÇAS E ORGANIZAÇÃO DA CASA:
ISSO É POSSÍVEL?

Você já se perguntou quantas vezes saiu atrasada com seus filhos para um compromisso? Ficou horas e horas a procura de um tênis, de uma mochila, da garrafa de água e mil e uma coisas?

Esse tempo é um tempo perdido quando estamos com a casa de pernas para o ar, com brinquedosespalhados, e você precisa mudar essa situação agora mesmo.

Hábitos e rotina organizada são importantes para toda a família, resultando em menos estresse, maior disposição e mais tempo com os filhos. Que tal começar a ensiná-los a guardar seus próprios brinquedos?

Por onde começar?

Conforme a idade da criança, separe um tempo com ela e reúna todos os brinquedos que tem. Explique que é importante manter com fácil acesso àqueles que são usados todos os dias e guardar os que têm menos uso.

Além disso, ensine que os que não estão  sendo usados a pelo menos 3 meses pode dar alegria para outras crianças, dessa forma, você já ensina os seus filhos a doar aquilo que não tem mais serventia para eles. 

Com livros e roupas você pode fazer a mesma coisa. Separe roupas que não sirvam mais, que estejam em bom estado e podem ser doadas, os livros  que já foram lidos várias vezes ou que já não estão mais na faixa etária destinada para a criança serão muito úteis para outras pessoas.

Organizando os brinquedos

Minha sugestão é que os brinquedos sejam guardados em caixas com etiquetas por classificação. Por exemplo: carrinhos, bonecas, artigos musicais, jogos, entre outros.

Os que são usados com menor frequência podem ser colocados em prateleiras ou dentro do armário nas partes superiores. Já os usados com frequência, aconselho que esteja em fácil acesso, para que a própria criança consiga pegar para brincar quando quiser. Dê essa autonomia a ela.

Explique que depois de brincar, ela precisa guardar, senão tudo vira uma bagunça. Isso significa que ao terminar uma atividade ela deve voltar o brinquedo no local de origem, na caixa destinada para determinada categoria.

Limpeza correta

Você pode e deve limpar os brinquedos semanalmente e que tal envolver a criança nessa atividade? Afinal o brinquedo é dela e ela precisa aprender a cuidar e conservar. Veja algumas dicas:

– Para os brinquedos de plástico, de borracha e de madeira, o aconselhável é uma limpeza semanal;

– Pelúcias e bonecos de pano podem ser lavados e higienizados uma vez por mês ou quinzenalmente;

– Após a limpeza, é importante guardá-los para mantê-los limpos por mais tempo. Quer saber mais dicas de limpeza conforme o material do brinquedo? 

Crie também com a ajuda da criança, conforme a idade, um sistema de rodízio. Pode ser semanalmente ou mensalmente, no qual os brinquedos vão sendo substituídos, fazendo com que a criança brinque apenas com os quais estão no cesto ao seu alcance. Isso evita que ela se canse de um brinquedo, ou estimule sempre o mesmo sentido com o mesmos brinquedos toda vez.

Natal e novos presentes

Com essa festividade, as crianças normalmente ganham brinquedos de amigos e parentes. Se você incentivar que ela pode fazer outra criança feliz com um brinquedo que não usa mais, você mostra a importância de não acumular itens que não são mais usados.

Uma regra bem legal que já presenciei em famílias com filhos é a de entrou algo novo, saem dois ‘velhos’. Por exemplo: ganhou um novo carrinho, saem dois que não estão sendo usados.

Isso vale para tudo e até mesmo para nós adultos. Comprou um novo sapato, saem dois sem uso, que poderão  ser usados por outras pessoas ou até mesmo vendidos.

Lembre-se: crianças aprendem por meio de repetição e persistência. Por isso, mostre como faz, faça junto, tenha paciência e auxilie no que for preciso.

Dê autonomia para a criança cuidar dos próprios brinquedos, roupas e calçados, quando ela se sentir preparada. Todos nós aprendemos pelo exemplo, por isso comece com você, para que eles façam o mesmo.